Pare de criticar outras comunidades

Pare de criticar outras comunidades

Loading…

Antes de começar este post quero deixar bem claro que minha intenção não é criar algum tipo de polêmica em torno do assunto, mas sim tentar trazer algumas observações a esta discussão.

Nós como bons brasileiros, na maioria das vezes, em nossos lares, escolas, círculos sociais, desde muito jovens “aprendemos” que, se você gosta do azul você odeia o verde, ou se você torce para o Corinthians você odeia o Palmeiras e mais recentemente no âmbito politico se você é direita você odeia a esquerda.
É isso que gostamos de fazer, olhar para outras comunidades na qual não fazemos parte e criticar.

Essa relação de amor e ódio esta arraigada em nossa cultura desde muito cedo, em todos os aspectos, somos ensinados desde cedo a nos comportarmos assim e a menos que nos esforcemos para deixar essa cultura de lado, vez em quando vamos transportar isso para alguma área de nossa convivência diária.

É nesse ponto que quero me concentrar, quem nunca disse ouviu alguém que gosta de software livre declarando ódio a  Microsoft, ou se você gosta de .Net criticando Java, ou PHP, ou qualquer outra coisa que sai do nosso mundo de conhecimento.
Poderia citar N exemplos de rixas que existem entre os programadores de diversas linguagens, e mais, hoje temos rixa entre frameworks, ou você nunca participou de uma acalorada discussão entre oque é melhor Angular ou React, ou oque é melhor, app nativo ou hibrido.

Na minha singela visão, nós em geral não sabemos lidar com o fato de que o “outro lado” pode ser tão bom quanto o “nosso lado”, ou que para algum determinado problema, a solução “rival” poder ser a melhor, quantas discussões em fóruns e salas de aula teremos para então entender que “a melhor linguagem ou framework” é apenas uma questão de necessidade.

Veja a grande ironia, minha, a algum tempo atrás estava em uma reunião, code review de uma sprint, equipe .net em uma empresa cujo carro chefe é um produto em Delphi, então como bons BR estávamos separando um tempinho ali para descer a lenha no Delphi, mas oque fui parar para pensar algum tempo depois e relembrando minhas experiencias de trabalho anteriores percebi que embora trabalhando em projetos web e/ou .Net o pilar dessas empresas na maioria das vezes era o Delphi, ou seja, quem colocava o leite na mesa(ou a maior parte dele) era o alvo das minhas críticas, irônico se não fosse verdade.

A menos que você seja o Santo da Programação, eu tenho certeza que você já entrou nessa, de criticar o “outro lado” sem ao menos conhecer e entender que problemas a outra linguagem ou framework resolve o problema tanto quanto a tecnologia que você conhece.

O que penso é que devemos deixar um pouco de lado esse “clubismo” que muitas vezes temos, só porque conhecemos alguma determina tecnologia e entender que como setor de tecnologia somos um só e que cada linguagem foi e é útil para algum determinado problema e nicho.

Hoje depois de alguns anos como profissional de tecnologia, vejo que perdi a oportunidade de aprender muita coisa por conta do fanatismo por algum tipo de linguagem ou framework, então hoje evito cair nessa de criticar algo sem ao menos saber como aquilo funciona ou para qual propósito aquilo foi criado.

Não sei qual será o alcance deste texto, mas se você chegou até aqui, deixe seu comentário para debatermos sobre o assunto.

Até a próxima