Angular 1, você ainda vai ouvir falar muito dele

Você realmente acha que o angular 1 será abandonado com o lançamento da versão 2 ?

Se você, assim como eu, ficou animado com o recente lançamento da versão final do Angular 2  ou até mesmo já vinha estudando e se preparando para o novo framework, então gostaria de compartilhar com vocês alguns pensamentos meus.

Até para você que não sabe que raios é Angular ou esta na dúvida sobre qual começar a estudar, versão 1, versão 2, aprendo a versão e depois vou para a versão e etc.

Penso que estas dúvidas podem se tornar mais frequentes agora que temos uma versão final do Angular 2 e observando o github vemos que os caras não param de comitar código la.

Vai logo cara, desembucha, tenho um bug para corrigir aqui.

Então meus amigos desenvolvedores e Early Adopters, primeiro gostaria de compartilhar um gráfico do Google Trends:

Este gráfico mostra a frequência de busca dos termos “Angular” e “Angular 2” no ano de 2016.

Observação, fiz o comparativo com “Angular” e não “Angular 1” pois até então todos procuravam por “Angular” e não pela número 1 da versão, assim por exemplo, Jquery, a busca principal quando queremos chegar a página ou algo do framework é comum buscarmos por seu nome, exceto agora que temos o “Angular 2” que é praticamente outro framework porém com o “mesmo” nome, tanto que temos dois sites “oficiais” de angular, temos o https://angular.io/ da versão 2 e o mais antigo https://angularjs.org/ que diz respeito a versão 1.

O que me faz acreditar que o bom e nem tão velhor Angular 1 vai perdurar por muitos anos ainda e se você for escolher entre a versão 1 ou a versão 2 para aprender e concorrer a alguma vaga de emprego, eu recomendaria fortemente você estudar a versão 1 do Angular.

Por diversos fatores, um deles é que depois de liberado para a comunidade de desenvolvedores no final do ano de 2010 o framework foi massivamente adotado, não apenas por entusiastas mas por muitas empresas, que hoje tem suas aplicações construidas em cima da primeira versão do Angular.

Quem usa?

Com total certeza seria impossivel se quer estimar a quantidade de sites, sistemas, aplicações e etc, que usam Angular 1, mas eu separei alguns exemplos interessantes, o painel gerencial de conta do nubank na web foi construido com Angular 1, outro bom exemplo é o Google Trends  que usa angular material, para contruir visualmente o site, outro dos grandes é o Double Click, plataforma de anúcios comprada pelo Google.

O aplicativo do youtube para PS3, advinha, também construído com Angular, esses exemplos são uma infima parte da imensidão de empresas que adotaram o angular nos ultimos anos, veja bem, não estou aqui discutindo a qualidade ou se angular é ou não a melhor opção. Você pode ver no site https://builtwith.angularjs.org/ muitos outro exemplos.

E tem futuro ainda?

Obviamente a evolução do angular 1 será mais lenta que a versão mais recente, mesmo após a versão 2 ser anunciada na NgEuro em 2014 tivemos inumeras evoluções no framework, você pode acompanhar todas elas no github do projeto, através dos milestones do projeto.

Então é so migrar para versão mais nova?

Esse é outro ponto que corrobora minha ideia, a versão 2 do Angular foi reescrita do “ZERO” portanto não existe, até o momento que escrevo este artigo, uma solução “bala de prata” que converte aplicações da versão 1 para a 2, o fato é que os desenvolvedores do framework apenas mantiveram o mesmo nome, pois o framework é totalmente outro.

Então ainda é uma boa aprender Angular 1?

LÓGICO, basta uma pequena vasculhada por sites de empregos para se ter uma noção da quantidade de vagas que exigem Angular como requisito da vaga e pessoalmente acredito que isso irá perdurar por uns bons anos.

 

Se você gostou deste post e puder compartilhar ou deixar seu comentário, quero saber sua opinião.

Um abraço e até a próxima.

Related Posts